Acerca de mim

A minha foto
Maia, Porto, Portugal
Praça Dr. José Vieira de Carvalho, 45 - 2º Esq./Traseiras, "Edifício Lidador" 4470 - 202 MAIA (frente à Câmara Municipal da Maia).

QUEM SOMOS?

QUEM SOMOS?

O Grupo de Estudos Espíritas Nova Sagres é uma Associação constituída por pessoas da Maia e arredores, que se interessam pelo estudo, divulgação e a prática da Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec.

Nosso Objectivo:

NOSSO OBJECTIVO:

Contribuir, através do estudo e divulgação do Espiritismo, para que todos os habitantes deste nosso planeta Terra encontremos a razão da nossa existência.
De onde vimos, para onde vamos e porque estamos aqui hoje!
Porque é assim a nossa vida! O que poderemos fazer para a melhorar!

Horário

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

> Segunda-feira: (Público)

19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 às 22:30 - Estudo Básico da Doutrina Espírita.

Nota: Na 1.ª Segunda-feira de cada mês, o Estudo será substituído pela exibição de um Filme ou Documentário de caracter Espiritualista.

> Terça-feira - Encerrado.

> Quarta-feira: (Público)
19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 - Exposição Espírita (Palestra) seguida de Passe.

> Quinta- feira: (Privado)
21:00 às 22:30 - Estudo Avançado.

> Sexta-feira: (Privado)
20:50 às 22:30 - Reunião de Trabalhadores.

> Sábado e Domingo - Encerrado.

> Atendimento por marcação - (fora do horário normal de atendimento)
Diamantino Cruz - Telem. 96 984 29 29





Contactos

CONTACTOS:

E-mail: gee.nova.sagres@gmail.com

Envangelho no Lar

 “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei e ele comigo.”
Apoc. 3:20


 A palavra Evangelho é originada do grego e deriva da união de duas outras palavras, EU, que quer dizer: Bom, bem, boa e ENGALIÔ, que significa: Boa Nova, Boa Notícia, portanto quando falamos em Evangelho no lar falamos em trazer uma Boa Nova para o nosso lar e para a nossa família, trazendo harmonia e paz para a nossa vida. O culto do Evangelho é uma forma de reunir a família em torno de um objectivo comum. A comunhão familiar onde todos conversam, trocam ideias, falam dos seus problemas, das suas actividades à luz dos ensinamentos de Jesus, representa o mais eficiente estímulo para o estreitamento das ligações afectivas, transformando o lar num porto de Segurança e de Paz, com garantia de equilíbrio e alegria para todos.

O Plano Espiritual na nossa casa

Kardec mostra-nos atravez do ensino dos próprios Espíritos, a influência que exercem na nossa vida. É um alerta para tomarmos o rumo do bem para as sugestões que nos cheguem, evitando o mal e procurando conservar o equilíbrio e a paz interior em benefício de nós mesmos.
No que diz respeito à casa em que moramos, muitas vezes, antes de pensarmos em instalar nela o nosso lar, Espíritos podem estar fixados a ela. Às vezes, já se encontravam no local antes de a casa ser construída.
Esses irmãos, longe ainda da verdade e da luz, não vêem nada além da Terra e, sem a ideia de vida eterna, vivem nos lares com as famílias, participando de toda a vida normal e diária da casa.
Outras vezes são Espíritos inconformados, assustados diante da desencarnação, embaraçados, que se apegam à família, fazendo morada no lar que ainda consideram como seu.

Como se faz o Evangelho no Lar?
Primeiro devemos escolher um dia e hora da semana onde todos ou a maioria das pessoas possa participar e a partir daí todos devem ter o compromisso de estarem presentes no momento acordado. O tempo para a realização pode variar, mas 20 a 30 minutos são suficientes para a boa realização do mesmo. No caso do telefone tocar devemos atender e dizer que após o Evangelho tornamos a ligar, caso chegue uma visita, diremos a mesma coisa e caso pretendam podem convidar o visitante a participar.
O importante é manter a disciplina, salvo alguma emergência.

Prece Inicial – Inicia-se a reunião com uma prece simples e espontânea. Deve fazer-se silêncio interior e mentalizar a figura de Jesus, equilibrando, assim, a mente para sintonizar-se com o Plano Maior. Dando curso ao salutar programa iniciado por Jesus, o de reunir-se com os discípulos para os elevados pensamentos da comunhão com Deus, mediante o exercício da conversação edificante e da prece renovadora, os espiritas devem reunir-se com regularidade e frequência para reviver, na prece e na acção nobilitante, o culto da fraternidade, em que se sustentam quando as forças físicas e morais estejam unidas, para louvar e render graças ao Senhor por todas as suas concessões, para suplicar mercês e socorros para si mesmos quanto para o próximo, esteja este no círculo da afectividade doméstica e da consanguinidade, se encontre nas provações redentoras ou se alongue pelas trilhas da imensa família universal.


Leitura de uma mensagem – Após a leitura da mensagem, inicia-se o Culto do Evangelho no Lar, com uma prece. A oração deve ser proferida por um dos participantes, em tom de voz audível a todos os presentes e de forma simples e espontânea, não devendo ser, portanto, decorada. Os demais, acompanham-no, seguindo a rogativa, frase por frase, repetindo, mentalmente, em silêncio, cada expressão, a fim de imprimir o máximo ritmo e harmonia ao verbo, ao som e a ideia, numa só vibração. Na prece pode pedir-se o amparo de Deus para o lar onde o Evangelho está a ser estudado, para os presentes, seus parentes e amigos; para os enfermos, do corpo e da alma; para a paz na Terra; para os trabalhadores do Bem, etc.
A prece, além de ligar o ser humano à espiritualidade, traduz respeito pelo momento de estudo a realizar-se

Sugerimos alguns livros de mensagens: Fonte Viva, de Emmanuel; Palavras de Vida Eterna, de Emmanuel; Estude e Viva, de Emmanuel e André Luiz; Respostas da Vida, de André Luiz; Encontro Marcado, de Emmanuel; Luz no Lar, de diversos autores; Sinal Verde, de André Luiz; Calma, de Emmanuel; Roteiro, de Emmanuel; Mais Luz, de Batuíra; Coragem, de diversos autores; Minutos de Sabedoria, de C. Torres Pastorino; Minutos de Luz, de C. Torres Pastorino.

Faz-se a leitura do "O Evangelho Segundo o Espiritismo", começando da introdução. Lê-se um pequeno trecho em cada reunião, calmamente, para que todos possam entender e comentar. O estudo do Evangelho do Cristo, à luz da Doutrina Espírita - "O Evangelho segundo o Espiritismo", de Allan Kardec - poderá ser estudado de duas formas:
a) Estudo em sequência - o estudo metódico, em pequenas partes, permite o conhecimento gradual e ordenado dos ensinamentos que o livro encerra. Após o seu término, volta-se, novamente, ao capítulo inicial;
b) Estudo ao acaso - consiste na abertura, ao acaso, de "O Evangelho segundo o Espiritismo", o que providenciará, também, lições oportunas, em qualquer ocasião.
Os comentários devem envolver o trecho lido, procurando alcançar a essência dos ensinamentos de Jesus, realçando-se a necessidade da sua aplicação na vida diária.
Pode-se reservar posteriormente, um momento de palavra livre, onde os participantes da reunião podem expôr situações da vida prática, para o melhor entendimento e fixação das lições.

 Comentários sobre o texto lido Os comentários deverão ser breves, feitos por todos, e cada um expõe o que entendeu da leitura, com simplicidade. Certamente, os Mentores Espirituais estarão a ajudar os presentes a compreenderem a lição, por fim a fim a assimilem com mais facilidade. Deve-se marcar onde a leitura foi interrompida para continuar desse ponto, na próxima semana.

Vibrações Pensar em Jesus e emitir pensamentos positivos de harmonia, paz, amor e esperança.

Prece de encerramento Agradecer a Deus, pedir protecção para todos e para voltarem a estar juntos na próxima semana.



Pode colocar na mesa, ( ficando a critério dos participantes): uma toalha branca; água fluidificada, ou água normal (normalmente bebe-se no final na reunião do Envangelho no Lar)


Se ninguém na sua família desejar participar do Evangelho, ou se mora sozinho, não há problema, faça o Evangelho “você mesmo” respeitando também a disciplina do dia e do horário, porque estará acompanhado de diversos amigos espirituais e de companheiros que desejam aprender e reconforta-se com as palavras balsamizantes do Evangelho. Por isto é importante ler o Evangelho em voz alta (tom normal), porque nem todos os companheiros do plano espiritual podem captar os seus pensamentos, e estes ficariam prejudicados com a leitura mental.

No Culto do Evangelho no Lar devem ser evitadas manifestações mediúnicas, porém se acontecer por qualquer motivo que seja deverá ser respeitada como tal. A sua finalidade básica é o estudo do Evangelho de Jesus, para o aprendizado Cristão, a fim de que os seus participantes melhor se conduzam na jornada terrena. Os casos de mediunidade indisciplinada devem ser trabalhadas como tal e em separado e na Casa Espírita e nunca no seio de nossas casas.
Devem-se evitar comparações ou comentários que desmereçam pessoas ou religiões. No Evangelho busca-se a aquisição de valores maiores, tais como a benevolência e a caridade, a compreensão e a humildade, não incluir, dessa forma, qualquer conversação menos edificante.
Presença de crianças no Culto do Envangelho

Caso tenha crianças e caso já tenham idade que as permita compreender este momento, elas não só podem, como devem participar, pois temos a responsabilidade de evangelizar os mais pequenos, traçando assim roteiros seguros para o crescimento deles, sob a luz dos ensinamentos de Jesus.
Entretanto deve-se adaptar a reunião ao grau de compreensão das mesmas, para que possam participar, compreender e interessar-se pelo momento. Além disso, deve-se estimulá-las a comentar o texto lido.

Não há formula ideal para o culto do Evangelho no Lar, pode fazer as suas adaptações no roteiro que apresentamos, o mais importante é não deixar de o  fazer e envolver o maior número de familiares possível, evitando-se assim qualquer comportamento que leve a desarmonia.
Temos a certeza que com a adoção desta práctica salutar, o seu lar se transformará numa fonte de luz para toda a sua família, sendo o manancial de segurança em todos os momentos. E lembre-se sempre da promessa de Jesus: "onde duas ou mais pessoas estiverem reunidas em meu nome, eu estarei no meio delas", portanto não duvide. No momento do Evangelho do Lar Jesus estará sempre presente.
MUITA PAZ!