Acerca de mim

A minha foto
Maia, Porto, Portugal
Praça Dr. José Vieira de Carvalho, 45 - 2º Esq./Traseiras, "Edifício Lidador" 4470 - 202 MAIA (frente à Câmara Municipal da Maia).

QUEM SOMOS?

QUEM SOMOS?

O Grupo de Estudos Espíritas Nova Sagres é uma Associação constituída por pessoas da Maia e arredores, que se interessam pelo estudo, divulgação e a prática da Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec.

Nosso Objectivo:

NOSSO OBJECTIVO:

Contribuir, através do estudo e divulgação do Espiritismo, para que todos os habitantes deste nosso planeta Terra encontremos a razão da nossa existência.
De onde vimos, para onde vamos e porque estamos aqui hoje!
Porque é assim a nossa vida! O que poderemos fazer para a melhorar!

Horário

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

> Segunda-feira: (Público)

19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 às 22:30 - Estudo Básico da Doutrina Espírita.

Nota: Na 1.ª Segunda-feira de cada mês, o Estudo será substituído pela exibição de um Filme ou Documentário de caracter Espiritualista.

> Terça-feira - Encerrado.

> Quarta-feira: (Público)
19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 - Exposição Espírita (Palestra) seguida de Passe.

> Quinta- feira: (Privado)
21:00 às 22:30 - Estudo Avançado.

> Sexta-feira: (Privado)
20:50 às 22:30 - Reunião de Trabalhadores.

> Sábado e Domingo - Encerrado.

> Atendimento por marcação - (fora do horário normal de atendimento)
Diamantino Cruz - Telem. 96 984 29 29





Contactos

CONTACTOS:

E-mail: gee.nova.sagres@gmail.com

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Trabalho


Trabalho é Lei Divina em integração com o Todo Universal.

O homem da Terra expressa a sua forma de conhecer as leis no seu modo de amar, de trabalhar e na forma de aplicar tudo aquilo que já conhece.

Trabalhar é servir. Trabalhar é co-criar.

Trabalha muito, mas trabalha bem!

Não ultrapasses os limites das tuas forças porque o descanso também está contemplado nas Leis para todos os homens, pois são ainda muito limitados nas suas forças.

Vigia-te e regula-te para não caíres nos erros do trabalho em excesso ou no ócio e na preguiça.
Psicografada em 2018-06-08

Auxílio


Em vários momentos da vida rogais por auxílio.

Certamente já confiais que estais acompanhados e que o auxílio virá.

Muitas vezes, também, com a falência das forças e angústia instalada no coração, tendes o impulso de rogar por auxílio, porém, desacreditados do efeito ou com muitas dúvidas interiores.

E porque motivo surgem as dúvidas?

Quando Jesus vos falou: “pedi e vos será dado”, Ele apelou ao vosso voto de confiança absoluto nos desígnios do Pai.

 Assim, aprendei a pedir auxílio, aprendei a rogar, aprendei a orar.

Aprendei que, perante as dificuldades, deveis entregar-vos à vontade plena do Pai e não à vossa.

Abri a vossa mente e o vosso coração a todos os resultados que vão surgindo pelo caminho, principalmente os que vão contra as vossas expectativas.

Confiai que, mais à frente, se tudo suportardes com entrega e resignação, ireis colher o suave aroma da felicidade e o doce sabor da tarefa bem conseguida, a qual vos abrirá novas portas ao ser, novas atitudes no proceder, novas fronteiras no conhecer, novos caminhos a percorrer.
Psicografada em 2018-06-08

Saber


O saber não ocupa lugar.

Mesmo quando já não conseguis aceder à memória, acreditai que não está perdido o saber adquirido.

O saber que se adquire não é memória que se ocupa, mas consciência que se desperta e deixa aceder ao livro do conhecimento universal: é aceder a uma fracção do conhecimento global que está armazenado nos registos do Universo.

Este é o motivo pelo qual o saber não ocupa lugar: ele está no seu devido lugar, apenas é acessado.

Deste modo, não há restrições ao saber que não seja a vontade.

Todo o saber, todo o conhecimento é uma construção: vamos adquirindo dados simples, vamos combinando e vamos, assim, alcançando patamares de maior complexidade.

Quando algo vos parecer difícil, só demonstra que ainda não estão reunidos todos os dados simples para a construção desse saber mais complexo.
Psicografada em 2018-06-08

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Evangelho


Evangelho é vida!

Nele encontramos o código de conduta dos mundos e não só da Terra.

Viver o Evangelho é fonte segura de harmonia universal.

Longe de ser um livro de textos é roteiro do caminho reto e da seara da Luz.
Psicografada em 2018-06-01

Enquanto é Tempo


Enquanto é tempo, liberta-te de angústias e aprende a alegrar-te com o que tens.

Enquanto é tempo, suaviza as relações e aprende a comportar-te com o serviço e entrega ao irmão.

Enquanto é tempo, desapega-te das complexidades e aprende a ser feliz com o simples.

Enquanto é tempo, corrige o que valorizas e consideras essencial, pois, um dia mais tarde, virá a hora em que já o não poderás fazer e apenas irás constatar quão perto ou longe as tuas escolhas estiveram do que irás, de facto, necessitar nessa altura.
Psicografada em 2018-06-01


Fé é sentimento íntimo que nos relaciona com Deus, que nos relaciona connosco.

A nossa boa relação com Deus espelha numa harmonia interior e repercute em serenidade e fraternidade na nossa relação com os outros.

Observa a tua relação com os demais: ela fala-te da tua relação contigo.

Observa a tua harmonia interior: ela fala-te da tua fé.

Trabalha no teu terreno interior, prepara a terra e semeia sementes de sabedoria e amor, pois o seu fruto será a expansão da tua fé, que podes diretamente colher na relação com o teu irmão.
Psicografada em 2018-06-01

Dúvidas


Quem não tem dúvidas?

Duvidar não é fraqueza, é condição de quem ainda tem muito para aprender e pouco sabe ainda para ter certezas.

Usem as vossas dúvidas, não para vos considerardes fracos ou de pouca fé, mas como avisos da vossa mente e do vosso coração para vos dedicardes ao estudo e à aquisição de conhecimento que vos falta para colmatar as falhas, transformando as dúvidas em certezas.
Psicografada em 2018-06-01

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Complexos


Nada há de mais difícil, no homem, do que libertar-se de complexos.

Os irmãos que vivem complexos, têm dois tipos de manifestações: aqueles que se apresentam assumidamente derrotistas, pessimistas, negativos por natureza, sentindo-se “filhos de um deus menor”. Há outro tipo de comportamento, daqueles que não assumem o complexo e o negam até, manifestando uma imagem de perfeccionismo à sua volta. Tudo tem que estar sempre perfeito, acabado, definitivo, sendo adversos ao processo, ao caminho e às várias etapas que o compõem.

Estes irmãos, de um ou de outro tipo de manifestação, devem ser muito acarinhados e compreendidos. Só uma grande dose de amor diária, constante, por parte dos que os rodeiam de forma mais íntima, poderá, ao longo da sua vida, ajudar a cicatrizar as enormes feridas que eles abrem constantemente no desassossego dos seus complexos profundos e dolorosos que, muitas vezes, não conhecem ou negam e cujas raízes remontam a grandes dores dos passados não resolvidos.
Psicografada em 2018-05-25

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Dedicação


Dedica-te ao bem supremo nas suas múltiplas manifestações.

Dedicação é força extra que se imprime na vontade e que sai do fundo do coração.

Tudo o que fizeres, faz com dedicação. Assim, a ação que executas é agraciada com uma energia intensa que nasce em ti e te ilumina até à tua manifestação.

A dedicação ao teu irmão é a mais sublime expressão de doação da tua energia interior, a qual cresce de ti até ele e se manifesta em ambos, qual bálsamo de amor.
Psicografada em 2018-05-18

Banhos de Luz


Quando te sentires triste e desorientado,

Quando consideras que te faltam as forças para a carga que carregas,

Quando te julgas sem ânimo ou motivações,

Sabe que, na condição humana, esse estádio é ainda natural.

Contudo, não esqueças que um banho de luz desce sempre em teu auxílio sem que o percebas: nem de mais, aligeirando a dor da prova, não se torne na tua falta de aprendizagem; nem de menos, para que a falta de luz não te abandone às tuas insuficiências.

Confia que o banho de luz tem a dose certa para revitalizar a vontade e levar-te à superação.
Psicografada em 2018-05-18

Vícios


Os vícios são comportamentos reiterados de desamor.

No vício se cai por ignorância; no vício se cai por invigilância.

Atentai a todos os comportamentos que, aparentemente “atos comuns” da sociedade do vosso tempo, são efetivamente vícios doentios.

Olhando ainda os pensamentos, neles há também vícios de desamor: muito se pensa aparentemente de forma normal; contudo, alimentando um monstro psíquico.

E no que tange aos sentimentos? Há corações viciados no desamor de todas as ordens que continuam a julgar possuir os mais elevados ou corretos sentimentos.

Só os olhos da humildade permitem, ao homem, vencer a cegueira interior que o impede de vislumbrar os seus vícios para os poder combater.
Psicografada em 2018-05-18

Trabalho Interior


Há trabalho interior permanente para o homem persistente.

Aquele que já decidiu pela sua mudança interior por ter já entendido a origem das suas fraquezas, sabe que tem, a cada dia, uma luta interna entre o vício e os hábitos milenares do seu íntimo, e a humilde embriogénese a que se propõe com vontade e dedicação. Sabe que diariamente vai lutar, a maior parte das vezes, cair no passado, mas em todas as quedas sabe que não se pode deixar vencer pelo desânimo, mas alimentar-se na verdade em que já confia: o Pai não o condena e não o julga. É este o alimento da força interior que vai crescendo, tornando menores as quedas no passado e mais frequentes as novas atitudes, até ao dia em que não mais haverá vínculo com o passado e esteja totalmente instalada a nova essência do ser.
Psicografada em 2018-05-18

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Quem não tem sombras


“Quem não tem sombras, que atire a primeira pedra”, assim nos falou Jesus nas Suas profundas palavras.

Conta as pedras que atiras a cada dia e tenta que amanhã sejam bem menos!

Se atiras pedras, significa que as carregas.

Assim, quando te preparares para atirar alguma, que não seja mais na direção do teu irmão, mas para bem longe de ti. Com o tempo, vais verificar que não mais atiras pedras, como também te livraste delas… para sempre.

E, as pedras que te são arremessadas? Recolhe-as com carinho e joga-as também para bem longe, não de ti, mas do teu irmão, para que ele não possa mais recuperá-las, ajudando-o, assim, a libertar-se das pedras que carrega consigo.
Psicografada em 2018-05-11

Cobranças

Não cobres as tuas boas ações que direcionas a quem te acompanha.
Por si só elas devem encher-te o coração com um sentimento de plenitude e amor.
Exercita o teu coração, agindo de boa-fé perante os irmãos que ainda conhecem a ingratidão e nada lhes cobres. Só assim és pleno da luz Divina e instrumento do Pai, pois, as tuas ações serão o melhor exemplo para quem nelas reparar.
Não cobres boas palavras aos que te falam com rispidez.
Cria um fluído que as amacia ao entrar no teu ouvido para que não perturbes a tua harmonia interior.
Esforça-te por ser bálsamo apaziguador de energias ainda incorretamente qualificadas.
Não chames a ti a responsabilidade de modificar os teus irmãos, pois, o Pai Criador também não faz isso connosco.
Respeita as agressões e más palavras ou más ações, por respeito ao livre-arbítrio de quem as dirige até ti. Preocupa-te sim, em balsamizar o quanto possas, como quem coloca água numa fogueira.
Psicografada em 2018-05-11

Se tens companheiros difíceis

Se a tua jornada terrestre foi agraciada com companheiros difíceis, lembra-te que são eles que dão o colorido à tua vida, o que te permite pintar uma linda tela de cores harmoniosas e belas, como a beleza de tudo o que fazes para não lhe dificultares a já difícil existência.
Aos companheiros difíceis da tua jornada vais agradecer a existência na tua vida, pois a eles deves todos os teus esforços de atuação, de renúncia, de aprimoramento que te permitiram, hoje, trilhar o caminho muito mais belo e seguro que o de outrora.
Se tens companheiros difíceis não dês abrigo, em demasia, à angústia que sombreia o teu coração pois, ao teu lado, uma falange divina te acompanha e vigia todos os teus passos, a fim de que possas ser o amparo divino ao lado desses irmãos ainda carentes de cuidados maternos.
E, quando te sentes só, ao lado dos companheiros difíceis, lembra-te que não estás só… porque estamos sempre contigo.
Psicografada em 2018-05-11

Com Amor


Silencia com amor,

Silencia por amor.

Renuncia com amor,

Renuncia por amor.

Aceita com amor,

Aceita por amor.

Faz tudo com amor,

Faz tudo por amor.

Aproximas assim o teu “conceito de amor de agora” com o conceito de amor maior, pois o teu amor vai ampliando e abrindo novas portas a um amor maior que nem sabias que existia.

Quanto mais exercitares o amor, mais o amor cresce em ti, em intensidade e pureza.
Psicografada em 2018-05-11

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Destino


O homem entende o destino como um pré-concebido porvir. Assim o entende e assim o aceita.

Mas há no destino dois tipos de destinos: o destino que o homem cria, na sua ignorância, e a providência divina auxilia na correção, impondo-o, como repercussão de vidas vividas na ignorância. São destinos compulsórios que abençoam o homem ignorante para o seu reajuste.

Há também o destino escolhido, o destino construído pelo homem que já escolhe e reflete. Quanto mais refletidas e bem escolhidas as contingências da vida, mais o homem consegue predestinar o seu bom devir. Quanto mais distraído e desatento na reflecção, mais sugere, o homem, o concurso do auxílio da providência divina, que nunca o abandona.
Psicografada em 2018-05-04

Alimento Integral


O pão nosso de cada dia, rogamos nas nossas preces.

Seja o alimento do corpo o suficiente para a sua correta manutenção, sem cairmos em excessos ou defeitos que o prejudicam.

Seja o alimento do coração a purificação cuidada dos nossos sentimentos. Sem excessos nem defeitos, sem arrogâncias ou auto-humilhações, cuidemos em harmonizar os sentimentos dignos da saúde emocional.

E quanto à saúde mental, cuidemos em estudar, aprender, fortalecer o raciocínio e a lógica. Exercitar a mente em processos edificantes ajuda à saúde mental.

Evitemos o excesso e o defeito, os quais a poderão perturbar, tanto na viciação ou como no ócio letárgico.

Quando orares, rogando o pão nosso de cada dia, lembra-te que está em ti todo este trabalho de aprimoramento e manutenção, porquanto o Pai está sempre contigo.

Psicografada em 2018-05-04

Maturidade Espiritual


Na dificuldade, que o teu empenho esteja na sua correta avaliação e aceitação, em vez de estar na sua eliminação.

No processo e no caminho está o crescimento.

Quando alcançado o correto crescimento e aprendizagem, a divina providência encarregar-se-á de fazer cumprir as leis divinas e de esfumar a situação.

A “maturidade infantil” foca a inexistência das dificuldades; porém, a verdadeira maturidade foca o processo de aceitação da dificuldade e o caminho traçado para a superação.

Bem vivida e entendida, a maturidade espiritual proporciona ao homem uma riqueza sublime das vivências, uma leveza das cargas recebidas e um natural encurtamento do caminho.

Busca o teu amadurecimento e tudo te surgirá mais belo, dentro das vicissitudes que te visitam: não mais vês problemas, mas dádivas de oportunidade de crescimento dignas da tua mais profunda gratidão.

Psicografada em 2018-05-04

Gentileza


Gentileza é doçura interior. É atributo da alma que se reflecte no ser.

Busca em ti essa gentileza latente e torna-a activa no teu proceder. Ela repercute à tua volta, pois, gentileza gera gentileza.

Cuida que, debaixo do teu mais polido verniz, encontres a tua gentileza e não a tua sombra.
Psicografada em 2018-05-04

sábado, 5 de maio de 2018

Se ainda


Se ainda silencias, mas a tua mente fervilha o diálogo que calaste…

Se ainda tens as atitudes corretas, contudo seriam diferentes se as repercussões não fossem penosas…

Se ainda facilitas porque ninguém sabe ou vê…

Se ainda fazes o bem para não colher as consequências do mal…

… significa que ainda não é natural, em ti, a verdade e tens de te cuidar com muito carinho e dedicação.
Psicografada em 2018-04-27

Natureza Humana


A Natureza humana é parte da essência Divina.

É neste sentido que a Natureza humana tem a predisposição para amar, cuidar, servir, auxiliar, compadecer-se.

Todos estes impulsos da alma refletem-se nas suas múltiplas expressões do ser.

Há um grande entrave à manifestação da Natureza humana: o egoísmo.

O egoísmo, nas suas várias formas de manifestação, mas, principalmente pelo medo e a vaidade, impedem o homem de aceder à sua natureza humana, abandonando-o apenas à sua natureza animal.

Este abandono diminui-o nas suas múltiplas possibilidades, inferiorizando-o e impedindo-o de se manifestar na sua plenitude.

Para tal não acontecer, e para que o homem possa aceder ao seu máximo potencial humano, bastar-lhe-á olhar para o lado e dar a mão ao seu irmão.

Uma cascata de manifestações da sua natureza interna naturalmente fluirá. Experimentem!
Psicografada em 2018-04-27

Máscaras


Que a tua máscara sirva para suavizar o trato com o teu irmão, poupando-o do teu lado sombra. Porém, que ela seja invisível aos teus olhos e ao teu coração.

Esforça-te para a dissolver no recanto do teu íntimo, para que possas conhecer-te a nu, aceitar-te nas fraquezas e traçar o plano correto da tua mudança.

Observa-te amiúde: quanto mais finas e leves as tuas máscaras, mais aproximas o teu ser externo do teu ser interno.

Bom será se conseguires substituir as máscaras densas por outras mais leves, no decorrer do teu esforço de transformação, até ao dia em que já não mais terás necessidade delas.

Esse dia está longe para o homem da Terra; porém, o caminho deve ser iniciado com vontade e dedicação.

Recolhe-te, observa-te, cuida-te e inicia o plano de dissolução das tuas múltiplas máscaras.
Psicografada em 2018-04-27

Escolher


A vida coloca ao homem uma constante atitude de escolha: é a expressão máxima do seu livre-arbítrio, essa constância.

Mesmo sem consciência de tal, o homem constantemente escolhe o que sentir, o que pensar, o que dizer, como agir, o que omitir, o que viver.

Se a consciência deste ato fosse plena, o mundo que se vive hoje, teria uma transformação radical: todas as escolhas seriam mais refletidas e conscientes.

Desta forma, apenas faltaria ao homem o aprimoramento do senso moral, o qual, conjugado com a reflecção, o colocaria no caminho da luz.
Psicografada em 2018-04-27

Esclarecimento


Nos dias que correm, o homem é já detentor de uma enorme quantidade de informação que lhe permite grandes mudanças no seu interior e, consequentemente, à sua volta.

Toda a informação flui livremente e torna-se fácil aceder a um enorme espectro de informação de luz.

Porém, se observarmos bem, nem sempre essa informação faz surtir efeitos nas mudanças desejadas.

O motivo é simples: os conceitos dos homens têm de ser ajustados e aprimorados para que conceitos errados não mais estejam na base das movimentações de ideias, pensamentos e acções. Só os novos conceitos levam a verdadeiras mudanças.

Assim, ausculta o teu ser, os teus conceitos, o teu entendimento deles. Vê se haverá, porventura, algum que poderá estar obsoleto e com perspectivas de reforma. Esse será o ponto de partida da tua mudança.

Reflete diariamente, retrospectiva o teu dia e observa se hoje já mudaste algo em ti, face a um novo conceito, por existir uma nova perspectiva no teu entendimento!
Psicografada em 2018-04-27

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Metamorfose


Conheceis o milagre da Natureza: a metamorfose.

Um pequeno ser rastejante e frágil constrói uma cápsula na qual se propõe a modificar-se para, no final do processo, encetar uma luta interna de crescimento e movimento no propósito de disromper o casulo que já não lhe serve e, com muito esforço próprio na libertação, lançar as asas e voar. Agora borboleta leve, de asas diáfanas, o ser tornou-se subtil e pode voar pela mãe natureza.

Assim é o teu crescimento.

Todos os momentos que antecedem um período de crescimento começam com o encapsulamento do ser para o autoconhecimento, autodescoberta, auto crescimento.

Quando o período termina e o processo interno está concluído, é hora de libertar-se.

Este é o processo mais difícil: pressupõe um grande esforço da vontade para que não se perca todo o investimento no caminho da ascensão.

Certamente já ouviste que o esforço da borboleta é o que lhe impulsiona os fluidos vitais para as asas, afim de poder voar. Se esse esforço não for suficiente ou se for “ajudado” externamente, o animal perecerá por falta do impulso e força interna.

Assim é com os homens, nos processos íntimos de grandes transformações.

Assim é com a Terra, nos processos íntimos de renovação.

Assim é o Universo, em constante metamorfose.
Psicografada em 2018-04-20

Opiniões e Juízos


Abstém-te de opinar ou ajuizar em voz alta, quando o que podes dizer, não é construtivo.

A rigor, nunca sabes os verdadeiros motivos que fazem o teu irmão de jornada ter comportamentos, palavras ou actos menos felizes.

Sempre que o teu ajuizamento te leve a conclusões de fraqueza dos teus irmãos, caso tenhas que verbalizar, amacia as palavras o quanto possas e termina tudo dizendo que algo íntimo deve estar na génese de atitude infeliz e que te ultrapassará, com toda a certeza.

Ao invés de opinar, silencia as palavras, silencia a conversação desajustada e lança um pensamento de amor para aquelas dores do teu irmão, ocultas à tua percepção, porém lancinantes e intensas que o fazem cair em atitudes infelizes.

Esconde a sua queda, ampara no refazimento e amanhã, sentirás suave brisa que te alivia a consciência e aquece o coração!
Psicografada em 2018-04-20

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Há sempre algo a ser feito


Embora, muitas vezes, as circunstâncias da vida não nos permitam enxergar os factos corretamente, a verdade é que, perante cada situação, por mais penosa e difícil que seja, há sempre algo que podemos fazer para melhorá-la.

Em primeiro lugar, mesmo na ausência de qualquer outro tipo de ação, a atitude que devemos tomar, de forma a melhorar qualquer adversidade, é a de aceitação (aceitar as circunstâncias, as dificuldades, as nossas emoções perante os acontecimentos, as nossas limitações, etc.). Aceitar permite-nos aquietar a mente e tranquilizar o espírito, para que possamos observar com clareza os factos que se relacionam à situação presente, permitindo-nos então encontrar as soluções para os problemas com os quais nos deparamos ou, pelo menos, no caso de não existir uma solução imediata ou definitiva, encontrar as atitudes que podemos tomar para tornar as circunstâncias que nos envolvem mais simples e mais fáceis de suportar. Além disso, mesmo que não exista nada a ser feito senão aceitar, o que raramente acontece, a simples aceitação dos factos dá-nos a capacidade de encontrar a paciência necessária para aguardar dias melhores.

A partir da aceitação total, podemos então analisar atentamente os factos, de forma a descobrir, exatamente, que ações devemos tomar, de forma a tornar um momento difícil um pouco melhor, se não pudermos mesmo alterá-lo completamente, transformando-o num momento de luz. Difícil é ver com clareza, porém, devemos acreditar que toda e qualquer circunstância da vida pode ser melhorada consoante o ajuste da nossa visão e da nossa atitude.

Lembrai-vos que querer é poder, desde que a nossa vontade não seja baseada em puro egoísmo e adversa às Leis Divinas. Assim, se a nossa vontade de superar as dificuldades que enfrentamos, ou de ajudar os outros a superar as suas, for genuína, sustentada pelas leis do amor e da caridade, não prejudicando a outrem, é certo que Deus nos prestará auxílio, ajudando-nos a encontrar as soluções que procuramos.

Importante é não desistir, não cruzar os braços nem desanimar. Tende fé e esperança!
Psicografada em 11-04-2018

Amor incondicional


Amor incondicional não é gostar de tudo aquilo que se observa no outro, mas sim gostar do outro tal como ele é, desejando-lhe o bem genuinamente e contribuindo ativamente para a sua felicidade e para o seu aprimoramento, sem expectativas de qualquer benefício pessoal.

Amar o próximo é fazer o Bem a todos os que nos rodeiam, quer conheçamos ou não a pessoa em questão. Porém, acima de tudo, devemos começar essa acção no bem por aqueles que nos são mais próximos, pois reencarnamos em famílias e formamos relações conjugais e de amizade, precisamente, com espíritos a quem devemos ajudar e pelos quais devemos ser auxiliados. Apenas quando já somos capazes de fazer o bem, incondicionalmente, àqueles que formam connosco laços mais próximos, poderemos estender essa acção de amor incondicional a toda a humanidade. Isto implica sacrificar, muitas vezes, o nosso ego, a nossa vontade e, até mesmo, a nossa forma mais habitual de agir, para conseguirmos adaptar-nos àqueles que necessitam do nosso auxilio, da nossa presença e compreensão num determinado momento.
Psicografada em 11-04-2018

Fé, alimento da alma


A fé é o alimento da alma. Sem fé, nada se pode alcançar. É essencial ao ser humano, crer, em primeiro lugar nele mesmo e, posteriormente, na força divina. Não importa, necessariamente, que essa crença seja numa determinada divindade, desde que o objeto das suas crenças assente sobre “algo” defensor do amor, da paz e da caridade. A verdade é que chegará o dia em que todos os Homens adorarão o mesmo Deus (que não é exatamente nenhum dos que são referidos nas religiões presentes, mas sim um Deus de amor e misericórdia que ainda não estais preparados para compreender na totalidade). Contudo, enquanto não chega o momento de todos os Homens conhecerem o verdadeiro Deus, importa sim que creiam que ele existe, que sigam os Seus mandamentos de amor e de paz, procurando melhorar a sua própria índole a cada dia e apoiando-se nas suas crenças para enfrentar os momentos difíceis. Sim, para vós, Deus deve ser, acima de tudo, um bálsamo consolador, uma forma de esperança.

Por fim, realçamos que a fé em si mesmo é também essencial, pois se o Homem não acredita que é capaz, que pode, que tem em si mesmo o poder de criar, de construir, de modificar, estará bloqueando a força divina existente em si mesmo e impedindo-se, consequentemente, de realizar as tarefas às quais se propõe. Lembrai-vos sempre que a força criadora de Deus está em vós, pois, acima de tudo, cada um de vós é uma expressão do ser Divino.
Psicografada em 11-04-2018

Alegrias da Alma


É impossível ficar indiferente à madrugada de Primavera: ao canto dos pássaros, ao perfume da Natureza, às manifestações de beleza e grandiosidade da obra do Pai.

Porém, a alegria da alma também está na bonança após a tempestade, no resgate após o terramoto, na reconstrução após a destruição.

Vejam com alegria toda a beleza da renovação que o Pai vos traz, de tempos em tempos, tal como a Primavera surge após o tempestuoso Inverno.

Abram os olhos do espírito para ver que os “Invernos” que vão surgindo na Terra, estão a dar a oportunidade de novas “Primaveras”!

Empreende o trabalho na edificação dessas Primaveras porquanto te for possível e estiver ao alcance, com alegria na alma, confiante que o Pai nos traz o aprimoramento na renovação.

Jamais lamentes os meios, pois todos serão abençoados no propósito.

Vislumbra os fins e faz o que te compete para os alcançar.

Sê um obreiro na “Vida da Terra”.
Psicografada em 06-04-2018

UNO

O Universo é uno.
A unidade é Deus.
Toda a criação é o Universo e portanto, parte integrante da unidade.
O homem da nova consciência assim deve entender a sua essência e existência. Na Terra de hoje, a maioria dos homens apenas entende a separação: unidade em si mesmo, separação dos outros, separação da divindade.
É este o motivo pelo qual os homens vivem afastamentos, por verem fora de si algo independente, por avaliarem todas as coisas como algo fora do domínio divino e universal.
Quando os homens entenderem o uno, não mais farão qualquer mal ao seu irmão, causarão dano ao que os rodeia ou se afastarão da união com o divino.
A unidade é a nossa essência.
Psicografada em 06-04-2018

Filosofia


Só quando o homem tem resolvidas as questões básicas da sua sobrevivência, se pode dedicar a questões filosóficas.

A filosofia é a ciência da alma pensante por excelência.

A filosofia caracteriza o homem já dedicado à reflexão, exercitando o raciocínio e integrando conhecimento.

A filosofia permite ao homem o diálogo e a dialéctica com os demais semelhantes.

A doutrina do Pai deve ser também estudada no seu aspecto filosófico, pois permite, ao homem, penetrar no conhecimento profundo que existe no seu ser e cimentar, avaliar e rever conceitos externos.

O entendimento profundo é algo que não se adquire de fora, mas algo que se reencontra dentro.

Habitua-te à reflexão

Torna-te um filósofo na busca do conhecimento do Universo latente dentro de ti!
Psicografada em 06-04-2018

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Época de Mudança


Estamos numa época de alegria, de mudança para melhor, de renascimento. Abracemos esta alegria, esta maravilhosa transformação, com todo o nosso ser e tenhamos fé e confiança em Deus e no amanhã!
O sofrimento é necessário ao nosso aprendizado, sim, mas a alegria também. Assim, nesta época, vamos deixar de lado toda a tristeza, toda a mágoa, toda a culpa e vamos sentir, com toda a nossa força, a esperança!
Vamos ter esperança num mundo melhor, esperança na nossa mudança interior, esperança de que, tudo o que passamos, bom ou mau, dará os seus frutos e que esses frutos serão para o nosso bem, para a nossa felicidade.
Vamos vibrar em esperança, em fé!
Este é o trabalho que agora vos pedimos. É esta esperança, esta fé que irá mudar o mundo.
Psicografada em 2018-03-30

Primavera


A época que viveis presentemente no mundo físico traz uma forte mensagem associada: o renascimento. Vejamos: no Outono, as folhas caem, as plantas murcham, o que simboliza a morte e, na Primavera, tudo renasce ainda mais belo. Também a páscoa nos traz uma lição de renascimento. A bem-dizer, neste caso, chamamos-lhe ressurreição.

Quando tudo, à nossa volta, nos transmite a mesma mensagem, é tempo de despertar. Estamos, irmãos, portanto, na mais bela época do ano: a época das novas oportunidades. Tudo o que estava adormecido em nós, pode agora acordar; todos os nossos erros, as nossas imperfeições, podem ser deixados para trás para que renasça em nós uma nova luz, um novo caminho. Vamos aproveitar esta tão grande dádiva Divina que nos é dada a cada instante, marcada pela Natureza a cada ano e que, tão ingenuamente, tão cegamente, nós deixamos passar.

Vamos abraçar a mudança no nosso interior, nas nossas vidas e receber de braços abertos, a ajuda do Universo que aguarda energicamente a possibilidade de nos auxiliar!
Psicografada em 2018-03-30

Ensinar pelo Amor


Irmãos, há anos e anos que observamos a vossa evolução, o vosso aprendizado. É de notar que nos últimos séculos e ainda hoje, a maioria das religiões ou doutrinas ensinam pelo medo. Quem nunca ouviu falar de pecado e de inferno?

É verdade que o ser humano, pelo medo, pode mudar de atitude. Sim, qualquer ser ameaçado com consequências que não quer enfrentar, tomará um rumo diferente na sua conduta, porém, será essa mudança de atitude válida? Será real?

O medo não produz modificações intrínsecas no ser, mas sim, extrínsecas. A bem-dizer, quem exerce uma mudança de atitude para fugir a algo, não o faz porque no seu íntimo, no seu coração, compreendeu que agia de forma errada. A única forma de um ser evoluir é compreender que necessita de se modificar e, aqui, salientamos a palavra “compreender”. O medo asfixia, paralisa o discernimento e é, portanto, impeditivo à compreensão natural. O medo causa um estado de fuga ou de luta, contrário ao estado de reflexão e aceitação necessários à progressão no entendimento.

Desta forma, se desejais realmente modificar corações e não apenas atitudes, ensinai pelo amor, pela caridade, pelo exemplo! Explicai ao pormenor, tudo o quanto já sabeis, mas sempre com o cuidado de não assustar!

Existe uma grande diferença entre falar das consequências de uma acção de forma informativa ou falar das mesmas de forma ameaçadora.

No Universo, em Deus, tudo é amor e quem ama, jamais castiga. Onde tudo é amor não há nada a temer. Assim, focai-vos em passar esta lição de amor e dispersai tudo o que possa causar medo!
Psicografada em 2018-03-30

Servir a Luz


Se queres servir a luz, faz-te manso e sereno!

Se queres servir a luz, acolhe a adversidade com doçura e compaixão!

Se queres servir a luz, troca as palavras bonitas por ações edificantes!
Psicografada em 2018-03-30

A Dor


A dor é sempre de crescimento, de harmonização, de superação. Ela existe com a certeza que, no final, tudo vai ficar bem. Assim, entende: quando ela chega, é um presente abençoado com garantia que tudo ficará bem. Se algo ainda não está bem, só significa que ainda estás no meio do caminho. Entende também que, se a dor ainda não te visitou, significa que podes não ter reunidas as condições para o seu acolhimento, por não teres ainda os meios da completa superação.

Lembra-te: se te encontras em dificuldade, significa que com o tempo devido tudo ficará bem! Se tens uma aparente “folga” no percurso da vida, pode significar que estás ainda a reunir as condições propícias ao acolhimento de uma dor de crescimento.

A vida do homem da Terra é ainda pautada por inúmeras corrigendas, as quais, umas após outras, o vão libertando do seu passado enfermo.
Psicografada em 2018-03-30

Páscoa em Ti


Páscoa é entender a mensagem.

A páscoa significa processo.

Processo de aceitar os homens que não conhecem o Pai e, conhecendo-O, não sabem ainda viver com Ele no coração.

Páscoa é ressurreição: é aceitar que se vive para o Pai, com o Pai, em comunhão e serviço.

Páscoa foi de Jesus, como exemplo.

Páscoa terá que ser o processo íntimo de cada alma encarnada na Terra.

Vive a tua páscoa interna e junta-te ao grupo de almas que verdadeiramente já entendeu a mensagem da vinda de Jesus!
Psicografada em 2018-03-30

A Queda


A queda só é entendida como queda, quando, quem cai, assim o compreende. Tantos há que, na sua cegueira espiritual, estão caídos sem ter a verdadeira percepção. Vivem vidas de ilusão nessa queda, dão como verdade as ilusões e deambulam num mundo fictício de onde só a desilusão os pode salvar.

Quando a desilusão surge, há um acordar de consciência, há iluminação no entendimento, há real visão da queda em que se vive.

Momentos de iluminação, que aguçam a lucidez, vão sendo enviados a todos aqueles que vivem caídos, aguardando o momento certo.

Felizes os que vão atentando as quedas da vida e se esforçam por se levantar, corrigir e caminhar.
Psicografada em 2018-03-30