Acerca de mim

A minha foto
Maia, Porto, Portugal
Praça Dr. José Vieira de Carvalho, 45 - 2º Esq./Traseiras, "Edifício Lidador" 4470 - 202 MAIA (frente à Câmara Municipal da Maia).

QUEM SOMOS?

QUEM SOMOS?

O Grupo de Estudos Espíritas Nova Sagres é uma Associação constituída por pessoas da Maia e arredores, que se interessam pelo estudo, divulgação e a prática da Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec.

Nosso Objectivo:

NOSSO OBJECTIVO:

Contribuir, através do estudo e divulgação do Espiritismo, para que todos os habitantes deste nosso planeta Terra encontremos a razão da nossa existência.
De onde vimos, para onde vamos e porque estamos aqui hoje!
Porque é assim a nossa vida! O que poderemos fazer para a melhorar!

Horário

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO


Segunda-feira: (Público)
19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 às 22:30 - Estudo Básico da Doutrina Espírita.

Nota: Na 1.ª Segunda-feira de cada mês, o Estudo será substituído pela exibição de um Filme ou Documentário de caracter Espiritualista.

> Terça-feira - Encerrado.

> Quarta-feira: (Público)
19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 - Exposição Espírita (Palestra) seguida de Passe.

> Quinta- feira: (Privado)
21:00 às 22:30 - Estudo Avançado.

> Sexta-feira: (Privado)
20:50 às 22:30 - Reunião de Trabalhadores.

> Sábado e Domingo - Encerrado.

> Atendimento por marcação - (fora do horário normal de atendimento)
Diamantino Cruz - Telem. 96 984 29 29


INFORMAÇÃO

Na próxima quarta-feira (03/06/2020), retomaremos a atividade normal para esse dia da semana.
Para além de outros condicionamentos de segurança afixados no local, será obrigatório o uso de MÁSCARA.


O Estudo de segunda-feira será retomado oportunamente.







Contactos

CONTACTOS:

E-mail: gee.nova.sagres@gmail.com

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Dificuldades


Dificuldades? Quem as não tem?
Por trás de um mar de queixumes está, muitas vezes, um peso leve.
Por trás de um sorriso sereno está, muitas vezes, uma dor intensa.
Muitos que sofrem privações, materiais ou de saúde, são felizes; outros, agraciados com abundância terrena, são desafortunados no seu íntimo.
Onde reside, então, a dificuldade?
Na correta avaliação da prova, na plena aceitação e no cuidado de não a ampliar pela sobrecarga emocional, fruto de não-aceitação ou da incorreta avaliação.
Só assim as dificuldades são frutíferas no seu propósito e têm o tempo devido sem agravamentos.
Apenas um senso justo que a consciência lúcida permite, é capaz de “olhos de ver e ouvidos de ouvir” as dificuldades.
Psicografada em 2020-07-31

Amargura


Seja qual for a tua dor, não te deixes levar pela amargura.
Mesmo no limite das tuas forças, empenha o teu sorriso quando tudo o resto te falta.
Por si só, é um poderoso antídoto da amargura que torna o homem denso, frio e estático, repelindo todos os que com ele convivem.

“Sorri sempre
mesmo que o teu sorriso seja triste
porque mais triste que o teu sorriso triste
é a tristeza de não saber sorrir!”

A energia anímica de um sorriso impede e dissolve a cristalização da amargura e, progressivamente, se o utilizares com mais frequência, iluminará o teu semblante e atrairá energias consonantes para ti.
Psicografada em 2020-07-31

Resolve


Resolve os sentimentos de desamor no íntimo da tua alma.
Para contigo ou para com outros, envenenam o teu corpo e o teu espírito com fluídos amargos que apenas a ti prejudicam.
Intensivamente, mergulha no trabalho de limpar os sentimentos mais rudes e, progressivamente, aprofunda no teu íntimo, libertando-te das camadas mais explícitas e alcançando as mais dissimuladas, mas ainda assim, carregadas de subtilezas amargas para o teu ser.
Ficarás mais leve, mais feliz, mais hábil no correto refazimento dos teus relacionamentos quotidianos e no ajuste constante da tua relação contigo, ao longo da jornada da vida.
Psicografada em 2020-07-31

Angústia


Porque se angustia um coração?
Certamente porque ainda não consegue extinguir o fogo do desamor com o bálsamo da compreensão, a dor da perda pelo remédio da aceitação, o drama do desespero pela força da confiança na lei que atua.
Angústia no coração é sinal visível de necessidade de fortalecimento da fé e do entendimento.
Recebe a angústia de braços abertos, convida-a a ficar contigo, mas apenas o tempo necessário ao teu crescimento, que decorrerá da sua bem chegada visita!

Psicografada em 2020-07-31

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Esperança


Seja qual for a conjuntura que atravessas, alimenta a esperança no devir.
Deve ser proposta firme no teu coração, se já tens a visão maior dos tempos, das leis e dos desígnios divinos.
Essa esperança irá carregar o teu coração de aceitação e a tua mente de lucidez, proporcionando-te a força necessária para viveres o dia-a-dia exigente.
A esperança no devir, dar-te-á um caminho, uma orientação firme e nunca te sentirás perdido.
Muitos são os que se sentem perdidos e sem rumo, pela falta de esperança, pela falta de fé, pela ausência de orientação maior que apenas encontrarão no âmago do seu ser.

Psicografada em 2020/07/17

Docemente


Docemente…
… Recebe a indiferença;
… Acalma as agitações;
… Deixa uma palavra de esperança;
… Remete-te à humildade;
… Trabalha em ti e à tua volta, com serenidade e doçura, principalmente nestes tempos de agitação, e propiciarás focos de luz e amparo no meio do bulício e da dificuldade.

Psicografada em 2020/07/17

sábado, 18 de julho de 2020

Vidas Difíceis


Quase todos, sem excepção, consideram que vivem dias difíceis no momento que a humanidade atravessa. Contudo, refletindo bem, o homem está a viver dificuldades com recurso a meios, ao alcance, que lhe proporcionam muito mais do que necessita.
A dificuldade que experimenta, muitas vezes, é maioritariamente fruto da sua necessidade do supérfluo, da vivência no facilitismo e no culto do lazer em demasia.
Torna-se fundamental corrigir a insatisfação e o queixume, pois é esse o convite da vida difícil que esses homens experimentam.
Para todos quantos padecem, verdadeiramente, de vidas difíceis, saibam que apenas estão perante o exercício das leis, como estiveram, estão e estarão os homens ao longo das suas vivências terrenas.
Psicografada em 2020-07-10

Tempos Vindouros


Os tempos vindouros serão momentos fundamentais para colocar em prática todo o conhecimento já adquirido.
Os tempos vindouros exigirão uma vivência na fraternidade e na simplicidade, permitindo, ao homem, libertar-se do que, por hora, não lhe é essencial, e facilitando-lhe a vivência do momento.
Os tempos vindouros pedirão o exercício mental e comportamental de fé e perseverança.
Só assim viveremos, com alegria, esses tempos vindouros, ofertados com dulcidade por quem nos deseja a eternidade no amor, no bem e na paz.
Psicografada em 2020-07-10

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Amanhã


O que amanhã existe é sempre fruto semeado hoje.
Seja palavra, seja ação, sejam pensamentos ou sentimentos, cada momento criado hoje movimenta-se no campo de repercussão, gerando, amanhã, um hoje predestinado. Reflitam.
Psicografada em 2020-07-03

Bússola


Assim como a bússola se orienta, indicando o norte magnético, todos os seres são movidos pela sua orientação magnética para as suas afinidades.
Enquanto não modificarem o campo íntimo que lhe confere o magnetismo, irão rumar sempre no mesmo sentido de afinidade. Porém, na medida em que modificam o íntimo, acedendo à essência maior, modificam a repercussão no campo, e nas afinidades, por consequência.
Se cada homem refletir, diuturnamente, para onde aponta a sua bússola íntima, poderá refletir na necessidade de auto correção. Depois, é só avaliar o campo de repercussões.


Psicografada em 2020-07-03

Renascer


Pela lei dos ciclos, renascem as coisas. Em eterno recomeço e progressiva ascensão, assim vive o universo.
Assim é cada ser, enquanto parte integrante do universo. Ciclicamente, cada célula se renova, cada tecido, cada órgão. Também assim deve renovar o sentimento e a mente, numa constante resignificação para aurir o novo devir.
A natureza do recomeço é divina; o homem deve usá-lo com sabedoria, a fim de corrigir recomeços equivocados pela desarmonia com a lei.
No final de um ciclo, o recomeço divinizado flui naturalmente, para dar início ao novo ciclo que renasce.
Psicografada em 2020-07-03

terça-feira, 30 de junho de 2020

Agradece


Agradece o dia que acorda, agradece as pedras do caminho, agradece a possibilidade de reflexão, escolha e mudança de rumo.
Agradece a vida que te possibilita uma página em branco, diariamente, para que lhe escrevas a tua história.
Agradece a possibilidade do recomeço, ao longo da vida, ao longo das vidas.
Agradece, porque és parte única e dinâmica de um universo que caminha sem parar e gravita em torno da luz, mergulhado no Criador.
Agradece, porque existes assim hoje… E amanhã serás diferente, mas igualmente gravitando a luz e mergulhado no Criador. Agradece!

Psicografada em 2020/06/26

Compaixão


Usa de compaixão a cada passo do caminho.
No convívio com os que te cercam, sejam as adversidades mais ou menos difíceis, serve-te abundantemente da compaixão pelos que te estimulam o auto aprimoramento.
Essa compaixão vai serenar a tua mente, suavizar as tuas palavras, acalmar o teu coração, desfocar-te da dificuldade ou dor, abrir os teus horizontes para os caminhos da resolução.
Com a compaixão, alivias a carga dessa dificuldade e dor, por não te sobrecarregares da negatividade dos melindres.
Psicografada em 2020/06/26

Benefício


Em benefício de todos, sacrifica os teus caprichos; para além de servires, cresces e amadureces.
Em benefício de todos, disciplina o teu coração; para além do bom ambiente que geras, cresces e amadureces.
Em benefício de todos, chegas ao benefício próprio pelo altruísmo.
Avalia-te bem, para que vivas em benefício de todos e não para teu benefício egoísta, mesmo disfarçado de boas obras, boas palavras, boa conduta.

Psicografada em 2020/06/26

sábado, 20 de junho de 2020

PALAVRAS DE AMIGO



Na fase terminal da nossa reunião, na noite de 16 de setembro de 1954, os recursos psicofónicos do médium foram ocupados pelo nosso amigo Queiroz, que foi abnegado médico em Belo Horizonte e cuja personalidade não podemos identificar, de todo, por motivos justos.
Conhecemo-lo pessoalmente.
Homem probo e digno, fizera da Medicina verdadeiro sacerdócio. Dedicava-se aos clientes e partilhava-lhes as dificuldades e sofrimentos, qual se lhe fossem irmãos na ordem familiar.
Apenas 28 dias depois de desencarnado, com o amparo de Amigos Espirituais viera pela primeira vez ao nosso Grupo. Parecia despertar de longo sono e sentia-se ainda no corpo de carne.
Reconhecia-se consciencialmente, mas julgava-se ainda em estado comatoso e, por isso, orava com encantadora fé e em voz alta pelos enfermos que lhe recebiam cuidados, confiando-os a Deus.
Passando a conversar connosco e assistido magneticamente pelos Benfeitores Espirituais de nosso templo, despertou para a verdade em comovente transporte de alegria.
Lembramo-nos, perfeitamente, de ouvi-lo dizer, tão logo se observou redivivo:
“Então, a morte é Isto? Uma porta que se fecha ao passado e outra que se abre ao futuro?”
Passou, de imediato, a ver junto de si antigos clientes desencarnados que lhe vinham demonstrar gratidão e, com inesquecíveis expressões de amor a Jesus, despediu-se, contente, deixando-nos agradecidos e emocionados.
Voltando ao nosso círculo de ação, felicitou-nos com a presente mensagem que bem lhe caracteriza o elevado grau de entendimento evangélico.

Sou daqueles que precisaram morrer para enxergar com mais segurança.
A experiência terrestre é comparável a espessa cortina de sombra, restringindo-nos a visão.
E, em mim, o dever do médico eclipsava a liberdade do homem, limitando observações e digressões.
Contudo, vivi no meu círculo de trabalho com bastante discernimento para identificar os profundos antagonismos de nossa época.
Insulado nas reflexões dos derradeiros dias no corpo, anotava as vicissitudes e conflitos do espírito humano, entre avançadas conquistas científico-sociais e os impositivos da própria recuperação.
Empavesado na híper-estrutura da inteligência, nosso século sofre aflitiva sede de valores morais para não descer a extremos desequilíbrios, e a existência do homem de hoje assemelha-se a luxuoso transatlântico, navegando sem bússola.
Por toda parte, a fome de lucros ilusórios, a indústria do prazer, a desgovernada ambição, o apetite insaciável de emoções inferiores e a fuga da responsabilidade exibem tristes espetáculos de perturbação, obrigando-nos a reconhecer a necessidade de fé renovadora para o cérebro das elites e para o coração das massas sem rumo.
Daqui, portanto, é fácil para nós confirmar agora que o mundo moderno está doente.
E o clínico menos atilado perceberá sem esforço que o diagnóstico deve ser interpretado como sendo carência de Deus no pensamento da Humanidade, estabelecendo crises de carácter e confiança.
Apagando o personalismo que eu trouxe da Terra, descobri, estudando em vossa companhia, que somente o Cristo é o médico adequado à cura do grande enfermo e que só o Espiritismo, revivendo-lhe as lições divinas, é-lhe a medicação providencial.
Segundo vedes, sou apenas modesto aprendiz da grande transformação. Entretanto, quanto mais se me consolidam as energias, mais vivo é o meu deslumbramento, diante da verdade.
A luz que o Senhor vos deu e que destes a mim alterou-me visceralmente a feição pessoal.
Sou, presentemente, um médico tentando curar a si mesmo.
Minhas aquisições culturais estão reduzidas a chama bruxuleante que me compete reavivar.
Meus préstimos, por agora, são nulos.
Mas, revive-se-me a esperança e, abraçando-vos, reconhecido, entrego-me ao trabalho do recomeço...
Glória ao Senhor que nos ilumina o caminho espiritual!
É assim, reanimado e fortalecido, que aceito, agora, o serviço e a solidariedade sob novo prisma, rogando a Jesus nos abençoe e caminhando convosco na antevisão do glorioso futuro.


Queirós

(do livro "Instruções Psicofónicas" do grupo Meimei)

domingo, 14 de junho de 2020

Firme e Constante


Firme e constante, caminha sem medo.

Não te distraias com as manobras de distração que têm como objetivo fazerem-te perder o foco.

Se tens propósitos bem traçados, não te desvies das tuas convicções e segue em frente.

Na senda da luz, há muito para semear antes de colher.
Psicografada em 2020-06-12

Dissonância


Sempre que o teu coração não está alinhado com a tua mente, vives desarmonia interior.

Tudo o que pensas ou falas deve refletir o que sentes; de outro modo, a dissonância, que crias em ti, irá operar as reações próprias que te alertam desse desalinho.

Uma angústia, uma dor, uma doença, um condicionamento maior, tudo te fala na medida do ajuste que precisas operar.

A saúde possível, por harmonização do ser, confere-lhe bem-estar e felicidade; contudo, a saúde vinda da alma, pode não apresentar-se como o homem, na sua visão limitada, a conota, porque há muitos doentes da terra que gozam de plena saúde e muitos “saudáveis” a viver dissonâncias enfermiças e que, mais cedo ou mais tarde, se revelarão.
Psicografada em 2020-06-12

Desespero


O desespero constitui uma situação limite, o culminar de erros: erros de visão, erros de perspetiva, erros de interpretação, erros de entendimento, erros de avaliação, erros de previsão.

Com maior ou menor extensão, com maior ou menor intensidade, o homem entra por caminhos ilógicos e ilusórios, contudo, apresentando-se como verdade irremediável e sem solução.

É necessária muita tolerância com quem está em desespero pois, só a presença de amor, constante e serena, pode operar a bênção da reversão dos erros e equívocos, nos momentos de alívio das almas atormentadas.

Força e constância no cuidado amoroso é serviço de luz.

E, para todos, sem exceção, a vigilância e a oração, porque há meandros subtis nos revezes das nossas fraquezas, que podem surpreender-nos e levar-nos a cair nas malhas do desespero.
Psicografada em 2020-06-12

terça-feira, 2 de junho de 2020

Liberta


Se queres ser feliz, liberta todos os que te rodeiam.

Seja qual for a amarra que tens para cada um, começa a desatar os nós, a dar folga e a soltar.

Verás que vais encontrar os que vão fugir de ti, e só não o fizeram anteriormente pela tua insistência no cativeiro.

Verás também que vais alegrar-te por constatar que outros, que mantinhas amarrados com medo da sua perda, continuam ao teu lado, não por subordinação ou adestramento, mas com vontade firme, pelo seu grande carinho e entrega a ti.

Liberta todos, e ficas rodeado por aqueles que, verdadeiramente, te fazem o bem que mereces e precisas.
Psicografada em 2020-05-29

Obsessão


Obsessão é entrelaçamento de almas com propósitos de conceitos equivocados.

Os erros de entendimento, que se expressam em equívocos de pensamentos, palavras ou ações, abrem portas de ilusão a muitos que se relacionam, passando todos a orbitar essa ilusão, alimentada de sucessivos erros e repercussões.

Só o crescimento das almas, em entendimento e conhecimento, permite a lucidez para identificar equívocos, dissipar a ilusão e pôr fim, naturalmente, a toda a obsessão.

Psicografada em 2020-05-29

Deixa


Deixa que cada um seja como escolhe ser; a ti, reserva-te o ser melhor a cada dia e aceitar a todos por igual.

Deixa que cada um fale quantas palavras quiser, seja com que conteúdo for; a ti, reserva-te o uso da palavra sem mácula, o silêncio, sempre que oportuno, e aceita todas as conversações, sabendo-te dar ao respeito sem ferir sensibilidades.

Deixa que cada um pense como entender, pois cria para si a sua realidade particular; a ti, contudo, reserva-te vigiar os pensamentos e corrigi-los, sempre que te for possível, aceitando a todos na sua condição particular do caminho, o qual leva o homem da ignorância até Deus, e onde todos já pisaram ou vão pisar as mesmas dificuldades, as mesmas pegadas.
Psicografada em 2020-05-29

domingo, 24 de maio de 2020


Confia… que tudo está bem, que tudo vai ficar bem.

Não o “bem” do alcance das tuas expectativas, mas o “bem” maior dos desígnios divinos.

Serena o coração e cria raízes firmes na fé, para que os percalços da vida possam passar por ti, sem causar danos acrescidos pelo medo, a ansiedade, a insegurança.

Renova a tua fé diariamente, alimentando-a da esperança do melhor porvir, e vive a paz interna da tua firmeza na fé.
Psicografada em 2020-05-22

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Aceitar e fluir


Aceitar o que nos visita, com boa vontade e dedicação, é prenúncio de fluidez da lição.

Até a negação e a mudança de rumo, se bem harmonizadas com as leis divinas, são fluidas e naturais.

Tudo o que flui, mesmo quando encontra obstáculos e resistências, encontra o caminho que surge favorável para prosseguir.

Aceitar é dar o tempo ao tempo, para que tudo possa fluir naturalmente.
Psicografada em 2020/05/15

Sofrer


Sofrer é alimentar a dor.

Entender o sofrimento é o primeiro passo para aliviar a dor e amenizá-la, redimensionando-a à sua devida estatura para que possa ser avaliado, com verdade, o seu real significado.

Quanto mais prolongado o sofrimento, mais distorcida a dor, por estar a ser alimentada e qualificada de forma errada.

Sair do sofrimento requer um golpe de lucidez da alma que pede a verdade, por não mais suportar a ilusão.
Psicografada em 2020/05/15