Acerca de mim

A minha foto
Maia, Porto, Portugal
Praça Dr. José Vieira de Carvalho, 45 - 2º Esq./Traseiras, "Edifício Lidador" 4470 - 202 MAIA (frente à Câmara Municipal da Maia).

QUEM SOMOS?

QUEM SOMOS?

O Grupo de Estudos Espíritas Nova Sagres é uma Associação constituída por pessoas da Maia e arredores, que se interessam pelo estudo, divulgação e a prática da Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec.

Nosso Objectivo:

NOSSO OBJECTIVO:

Contribuir, através do estudo e divulgação do Espiritismo, para que todos os habitantes deste nosso planeta Terra encontremos a razão da nossa existência.
De onde vimos, para onde vamos e porque estamos aqui hoje!
Porque é assim a nossa vida! O que poderemos fazer para a melhorar!

Horário

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO



> Segunda-feira: (Público)
19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 às 22:30 - Estudo Básico da Doutrina Espírita.

Nota: Na 1.ª Segunda-feira de cada mês, o Estudo será substituído pela exibição de um Filme ou Documentário de caracter Espiritualista.

> Terça-feira - Encerrado.

> Quarta-feira: (Público)
19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 - Exposição Espírita (Palestra) seguida de Passe.

> Quinta- feira: (Privado)
21:00 às 22:30 - Estudo Avançado.

> Sexta-feira: (Privado)
20:50 às 22:30 - Reunião de Trabalhadores.

> Sábado e Domingo - Encerrado.

> Atendimento por marcação - (fora do horário normal de atendimento)
Diamantino Cruz - Telem. 96 984 29 29





Contactos

CONTACTOS:

E-mail: gee.nova.sagres@gmail.com

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Vaidade


Irmãos, irmãos queridos, depois de ter encontrado a luz, após muito sofrimento, escuridão, me foi permitido dar-vos o meu testemunho.

Não é com o sentido de repreender nem de julgar, apenas reforçar o que vos vai sendo transmitido através das riquíssimas obras espíritas, palestras de irmãos com conhecimento mais aprofundado, “bem intuídos” e mesmo exemplos.

Como pode ver, este vosso irmão (o médium), através da imagem que lhe foi mostrada, “Uma mulher alta, de contornos bem definidos, com vestes do mais alto estilo, com uma beleza EXTERIOR do mais alto nível”!

Fui muito, muito vaidosa! Era a minha maior preocupação, andar o mais vistosa possível.

Nunca fui sequer capaz de pensar em dar uma única veste a alguém!

Como pude ter sido assim! Nem o que não me fazia falta eu era capaz de dar, tão presa à vaidade!

E agora? Agora, de que me serviu essa atitude? Serviu-me de sofrimento, apenas e converteu-me em atraso.

Quantos irmãos eu poderia ter agasalhado do frio! Quantos eu poderia ter calçado, protegendo-lhes os pés das trilhadelas da calçada, apenas com o que não me fazia falta, mas, nem com esse eu fui capaz de ajudar, presa a vaidade!

Mas, depois de ter passado para este lado, sim, dei o valor! Senti o frio, magoei meus pés nas areias e foi aí que me apercebi do erro cometido!

Quantos irmãos eu poderia ter agasalhado! O bem, a caridade, felicidade que podia ter aproveitado proporcionar!

Como seria bem doce, saborear esses sentimentos, ao contrário dos que tive!

Aproveitai bem o tempo que vos resta, pois, ele passa rápido demais! Partilhai  o mais possível, não só o material mas também o Amor, a Paz!

Não cometeis o mesmo erro que eu! É muito melhor saborear  o doce da caridade que o amargo da vaidade!

DEUS se agradará das vossas boas obras.

Fiquemos com Deus!
(Mensagem recebida em 2015-07-15)

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Mudança de Plano


Não esperes pela morte do corpo físico para realizares o serviço da própria elevação.

Cada dia é oportunidade de ascensão ao melhor.

Cada tarefa edificante é degrau com que podemos subir às esferas superiores.

Todos respiramos em planos distintos e todos podemos alcançar horizontes mais altos.

Se te habituaste à irritação, cultiva o silêncio e a tolerância, com os quais te desvencilharás dos

laços sombrios da cólera, penetrando os domínios da luz.

Se tens a infelicidade de comprar inimigos, através de atitudes impensadas, detém-te na

serenidade e aprende a servir aos teus desafectos, alcançando, assim, o reino brilhante da simpatia.

Se ainda te debates nos desvãos da ignorância, não te esqueças do esforço na leitura sadia e

edificante para a aquisição do conhecimento e da sabedoria.
(Emmanuel/Chico Xavier - do livro "correio fraterno"