Acerca de mim

A minha foto
Maia, Porto, Portugal
Praça Dr. José Vieira de Carvalho, 45 - 2º Esq./Traseiras, "Edifício Lidador" 4470 - 202 MAIA (frente à Câmara Municipal da Maia).

QUEM SOMOS?

QUEM SOMOS?

O Grupo de Estudos Espíritas Nova Sagres é uma Associação constituída por pessoas da Maia e arredores, que se interessam pelo estudo, divulgação e a prática da Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec.

Nosso Objectivo:

NOSSO OBJECTIVO:

Contribuir, através do estudo e divulgação do Espiritismo, para que todos os habitantes deste nosso planeta Terra encontremos a razão da nossa existência.
De onde vimos, para onde vamos e porque estamos aqui hoje!
Porque é assim a nossa vida! O que poderemos fazer para a melhorar!

Horário

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

> Segunda-feira: (Público)

19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 às 22:30 - Estudo Básico da Doutrina Espírita.

Nota: Na 1.ª Segunda-feira de cada mês, o Estudo será substituído pela exibição de um Filme ou Documentário de caracter Espiritualista.

> Terça-feira - Encerrado.

> Quarta-feira: (Público)
19:00 às 20:45 - Atendimento Fraterno.
21:00 - Exposição Espírita (Palestra) seguida de Passe.

> Quinta- feira: (Privado)
21:00 às 22:30 - Estudo Avançado.

> Sexta-feira: (Privado)
20:50 às 22:30 - Reunião de Trabalhadores.

> Sábado e Domingo - Encerrado.

> Atendimento por marcação - (fora do horário normal de atendimento)
Diamantino Cruz - Telem. 96 984 29 29





Contactos

CONTACTOS:

E-mail: gee.nova.sagres@gmail.com

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Mensagem da Semana

PASSE MAGNÉTICO NA OBSESSÃO


"José ia apressado, com o guarda -chuva no braço esquerdo e assim que virou a esquina, um misto de esperança e incerteza invadiu-lhe a alma. Era noite, caía uma chuvinha fina intermitente, porém a temperatura era agradável.


Alguém já lhe tinha falado sobre a existência daquela Casa Espírita naquela rua, mas já não se recordava quem. Mas algo no seu íntimo dizia que deveria persistir, ir adiante.
Para ele, esta seria a sua última oportunidade de encontrar a cura. Depressivo desde os 9 anos, tinha recentemente tomado a decisão de que teria chegada a hora de encontrar a "solução definitiva" para este problema, ou ..... (Já tinha tentado o suicídio algumas vezes....)


Mergulhado nas suas angústias depara-se com o portão de acesso à Casa. Ninguém da sua família sabia que lá estaria. Como explicaria o seu atraso naquela noite? E se algo desse errado? Irá demora-se muito? O que encontraria naquela Casa Espírita? Dúvidas e incertezas não faltavam, mas no seu íntimo sabia que tinha que persistir.
Avança Casa a dentro. Depara-se com uma rapariga de um sorriso simpático e receptivo. Responde à saudação de boa noite ainda hesitante. É convidado a sentar-se na sala de espera para as entrevistas. O ambiente é calmo e uma música suave invade a sua alma, transmitindo paz, conforto e segurança. Enquanto aguarda lê um livro psicografado por Chico Xavier com mensagens de incentivo e reconforto. Após algum tempo, é convidado a entrar na sala de entrevistas. Senta-se em frente da entrevistadora, sem saber o que dizer, nem por onde começar; emociona-se, sente algo acolhedor naquele ambiente. Aos poucos vai contando as suas dores e sofrimentos que dilaceram a sua alma. Angústias, tristezas e perturbações de toda ordem afectaram-no ao longo de toda sua vida. Diversas tentativas de suicídio, agonia, profunda depressão. Precisava "sair daquele estado".




Recebe palavras de incentivo e apoio da entrevistadora, que lhe pede para voltar na próxima quarta feira à noite, para ouvir uma palestra sobre o Evangelho e para iniciar sua assistência, e tratamento.Antes de sair da Casa recebe um passe magnético e tem uma sensação de paz e harmonia invadindo o seu ser. O mesmo passista, sem qualquer informação sobre o caso, realiza o tacto magnético e identifica desajustes no centro de força esplénica.
É colocado um número na sua ficha e esse número segue, sem nenhuma informação adicional, ao Colégio Espiritual, onde a Casa Espírita recebe do Plano Maior orientações sobre o assistido. Ao final dos trabalhos daquela noite, reúnem-se, entrevistadora, passista e médium do Colégio Espiritual e o diagnóstico é unânime: Passes magnéticos.
Quarta-feira à noite, lá está José. Dirige-se ao salão de palestras. Enquanto aguarda ouve a música suave do ambiente e faz leituras que elevam os seus pensamentos. Assiste à palestra e repara em algo intrigante; embora haja uma dezena de pessoas na sala, sente que aquela palestra foi feita para ele....
Em ambiente de paz e fraternidade entra na sala de passes. Recebe uma sequência de passes magnéticos dispersivos longitudinais activantes e calmantes e séries de dispersivos cruzados no centro de força esplénica.





Emociona-se, sente uma paz muito grande e sente que apesar de ninguém lhe ter tocado, algo começa a mudar e para melhor. José fica muito admirado pelo facto de se sentir bem, motivado e feliz naquele ambiente. Retorna por várias e várias semanas, seguindo o mesmo roteiro de Palestras e Passes Magnéticos. Cada vez sentindo-se melhor. Aceita o convite para participar dos estudos da Casa sobre a Doutrina Espírita. Sente-se feliz e motivado por compreender uma série de coisas que antes desconhecia.

Sente-se cada vez melhor. Ao longo das semanas em que recebeu os passes magnéticos constatou diversos casos de outros confortados que também se beneficiaram com a aplicação desta técnica para os mais diversos casos.
Ao final da assistência, ele quer continuar na Casa. Quer continuar os seus estudos e trabalhar no auxílio ao próximo. A sua vida ganhou outra motivação!
São tantos os que sofrem e que necessitam de amparo e ele pode agora, ser um desses instrumentos de Deus na Assistência ao próximo.
Este é o sentido da sua vida agora! "

A Depressão e o Passe Magnético publicado 14/12/2009 por SILNEY DE SOUZA






O PASSE
O passe não é unicamente transfusão de energias anímicas.
É o equilibrante ideal da mente, apoio eficaz de todos os tratamentos.
Desânimo e tristeza, tanto quanto insatisfação e revolta, são síndromes da alma, estabelecendo distonias e favorecendo moléstias do corpo.
Se há saúde, esses estados de espírito patrocinam desastres orgânicos; na doença equivalem a fatores predisponentes na desencarnação prematura.
Mas não é só isso.
Em todo desequilíbrio mental as forças negativas entram mais facilmente em acção instalando processos obsessivos de duração indeterminada.
Se usamos o antibiótico por substância destinada a frustrar o desenvolvimento de microorganismos no campo físico, por que não adotar o passe por agente capaz de impedir as alucinações depressivas, no campo da alma? Se atendemos à assepsia, no que se refere ao corpo, por que descurar dessa mesma assepsia no que tange ao espírito? A aplicação das forças curativas em magnetismo enquadra-se à efluvioterapia com a mesma importância do emprego providencial de emanações da eletricidade.
Basta lembrar que o Evangelho apresenta Jesus, ao pé dos sofredores, impondo as mãos.


(em Opinião Espírita, dos Espíritos Emmanuel e André Luiz, por Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira)

Sem comentários: